NV
Neurologia vascular

Prof. Octávio Marques Pontes-Neto, Profa. Taiza Elaine Grespan dos Santos Pontelli, Prof. Marcelo Riberto, Profa. Millene Rodrigues Camilo

Esta linha de pesquisa clínica tem explorado a fronteira do conhecimento no diagnóstico etiológico, tratamento, prognostico e reabilitação de pacientes com doença cerebrovascular, com o objetivo de prover respostas que para uma atuação mais efetiva do neurologista junto aos pacientes com doença cerebrovascular. Paralelamente, os estudos com ultrassonografia transcraniana e transorbitária tem capacitado o mestrando profissional para a utilização do ultrassom transcraniano como ferramenta de propedêutica armada. O mestrando devera ainda colaborar intensamente com as demais equipes multidisciplinares envolvidas no cuidado dos paciente com AVC. Até o momento já foram defendidas 11 orientações de mestrado profissional nesta linha de pesquisa com significativo impacto clínico e reconhecimento nacional e internacional. Ressaltamos a captação de fomento de pesquisa e a significativa produção científica e técnica do grupo, que coordena atualmente a Rede Nacional de Pesquisa em AVC (RNPAVC) do Ministério da Saúde (https://sites.usp.br/rnpavc/). A Rede Nacional de Pesquisa do AVC é uma rede da qual participam instituições científicas, tecnológicas e de saúde brasileiras, com o objetivo de aprimorar a gestão, o tratamento e a inovação do AVC no Brasil. Foi instituída pela portaria 195 do Ministério da Saúde em 31 de janeiro de 2014. Redes de pesquisa ampliam a comunicação entre pesquisadores e possibilitam a criação de centros de pesquisa. O RNPAVC realiza ensaios clínicos com o objetivo de reduzir os danos associados ao AVC no Brasil.

 

Projetos relacionados já concluídos: 

  • Acurácia da Ultrassonografia Transcraniana Colorida no Diagnóstico de Forame Oval Patente 
  • Análise do Fluxo Sanguíneo Colateral em pacientes com AVC isquêmico agudo por oclusão proximal de artéria cerebral média   
  • Avaliação da frequência e gravidade da Doença Aterosclerótica Intracraniana nos pacientes com AVCi e AIT através da ultrassonografia transcraniana colorida e angiotomografia de crânio              
  • Fatores preditivos de quedas em pacients com acidente vascular cerebral     
  • Qualidade da janela transtemporal definida pelo duplex transcraniano.
  • Avaliação da relação entre densidade do trombo na tomografia de crânio não contrastada e desfecho clínico em pacientes com acidente vascular cerebral proximal de artéria cerebral média.              

 

Projetos em andamento: 

  • Análise de fatores associados a melhor prognóstico em pacientes com infarto maligno da artéria cerebral média submetidos a creaniectomia descompressiva           
  • Associação entre características tomográficas do osso temporal e a qualidade da janela trantemporal pelo duplex transcraniano     
  • Caracterização clínico-radiológica da apatia pós acidente vascular cerebral  
  • Impacto das Unidades de Pronto Atendimento no tratamento do AVC agudo
  • Terapia de reperfusão para AVC isquêmico agudo: análise da casuística de um hospital universitário brasileiro do interior de São Paulo       

 

Produções Intelectuais Associadas a esta linha de pesquisa: 

Entre 2017 e 2020 a linha de pesquisa em doenças cerebrovasculares produziu 61 artigos científicos publicados em revistas indexadas no PubMed com destaque para 3 artigos publicados na revista New England Journal of Medicine (fator de impacto: 72.406) e um artigo publicado na revista THE LANCET (fator de impacto: 60.392), resultados de importante colaborações internacionais de pesquisa do grupo da neurologia vascular do HCFMRP-USP e da obtenção de fomento nacional do CNPq (Processos: 402388/2013-5, 467322/2014-7, 443861/2018-8) e FAPESP (processo: 2016/15236-8). Importante salientar que 10 desses artigos foram com discentes do programa.